9.4 C
Tomar

Tarifário do Parque de Estacionamento atrás da Câmara sofre atualização

Relacionadas

Tomar: Moradores da R. 13 de fevereiro cantam e tocam a partir das suas varandas

Tal como já acontece em outros locais,  em tempo de isolamento social por causa do estado de...

Tomar com 7 casos positivos de COVID-19, 25 no Médio Tejo

A região do ACES Médio Tejo contabiliza 25 casos de pessoas infectadas por Covid-19 e duas mortes....

São falsos os pedidos que circulam nas redes sociais em nome do CHMT

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) divulgou um comunicado alertando para falsos pedidos que circulam nas...

Oleiros inicia rastreio ao COVID-19: cidadãos que não residem habitualmente no concelho serão os primeiros a ser testados

O Município de Oleiros irá iniciar na próxima semana o rastreio ao COVID-19. Esta iniciativa começará por...

Politécnico de Tomar entrega máscaras e luvas ao CHMT

O Politécnico de Tomar fez uma recolha de EPIs (máscaras e luvas) dos seus Laboratórios de Conservação...

O tarifário do Parque de Estacionamento da Praça da República vai ser atualizado a partir do dia 1 de Março, na sequência de deliberação de Câmara que tem como objetivo garantir a rotação de estacionamento neste parque tendo em conta o substancial aumento da procura que se tem verificado. A prioridade da autarquia é permitir que o P1 continue a garantir lugares para quem precise de utilizar por tempo reduzido o comércio ou serviços do centro histórico, nomeadamente o balcão único municipal.

Por isso, a primeira meia hora vai continuar a ser gratuita, incidindo os aumentos nos períodos mais alargados. Por outro lado, o P2 – Parque de Estacionamento do Estádio Municipal vai manter o tarifário em vigor, uma vez que tem uma oferta de lugares superior e está mais direcionado para o estacionamento de longa duração.

Assim, primeira meia hora continuará gratuita, o estacionamento por 45 minutos custará 20 cêntimos e por uma hora 40 cêntimos. A partir da segunda hora, cada hora terá o custo de 1 euro.  O bilhete diário (24 horas) importará em 6 euros e o noturno (das 19 às 10 horas) em 3 euros.

A avença 24 horas (para todos os dias do ano) custará 70 euros para ligeiros e 35 para motociclos; a diurna (todos os dias das 8 às 20 horas) 60 euros para ligeiros e 30 para motociclos; e a noturna (de segunda a quinta-feira das 18 às 9 horas e das 18 horas de sexta-feira às 9 horas de segunda-feira) 30 euros para ligeiros e 15 para motociclos.  Quanto à avença de residentes (24 horas por dia), terá um custo de 45 euros para ligeiros e 22,50 para motociclos.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Tomar: Moradores da R. 13 de fevereiro cantam e tocam a partir das suas varandas

Tal como já acontece em outros locais,  em tempo de isolamento social por causa do estado de...

Tomar com 7 casos positivos de COVID-19, 25 no Médio Tejo

A região do ACES Médio Tejo contabiliza 25 casos de pessoas infectadas por Covid-19 e duas mortes....

São falsos os pedidos que circulam nas redes sociais em nome do CHMT

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) divulgou um comunicado alertando para falsos pedidos que circulam nas redes sociais. Segundo este comunicado,...

Oleiros inicia rastreio ao COVID-19: cidadãos que não residem habitualmente no concelho serão os primeiros a ser testados

O Município de Oleiros irá iniciar na próxima semana o rastreio ao COVID-19. Esta iniciativa começará por ser aplicada a todos os...

Politécnico de Tomar entrega máscaras e luvas ao CHMT

O Politécnico de Tomar fez uma recolha de EPIs (máscaras e luvas) dos seus Laboratórios de Conservação e Restauro, de Química, de...

Fique seguro, fique em casa, o “Cidade de Tomar” vai até si

O Jornal “Cidade de Tomar” continua, todas as semanas, a trabalhar para levar as notícias da região junto de si, ou através...
- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -